Leitores

O leitor litúrgico é instituído para ler a Palavra de Deus nas assembleias litúrgicas, com excepção do Evangelho.

Diz o Presidente da Comissão Episcopal da Liturgia e Espiritualidade, D. José Manuel Garcia Cordeiro, Bispo de Bragança-Miranda, que «O ministério dos leitores é um dos vários ministérios operantes no interior da celebração litúrgica para o bem do Povo Santo de Deus. Estes serviços não são funções de poder, mas de diaconia que deriva do sacerdócio de Cristo. A regra de ouro de cada ministro ou simples fiel no exercício da sua função é ‘fazer tudo e só o que é da sua competência, segundo a natureza do rito e as leis litúrgicas’(…).

Segundo o novo rito da Instituição dos Leitores e dos Acólitos, o leitor que proclama a Palavra de Deus do ambão é ícone da Igreja que anuncia ao mundo o Evangelho e está ao serviço da fé. Ao leitor, a Igreja entrega o livro da Sagrada Escritura e pede: ‘anuncia fielmente a Palavra de Deus, para que ela seja cada vez mais viva no coração dos homens’. A sua presença e o seu ministério são a resposta da Igreja ao mandato recebido: ‘Ide por todo o mundo e anunciai o Evangelho a todas as criaturas’ (Mc 16,15)». (In O Livro do Leitor, Secretariado Nacional da Liturgia, 2.ª ed.).

Na nossa Paróquia existe um grupo de 20 leitores permanentes e 10 suplentes, que asseguram o serviço nas várias missas.

Os candidatos a leitor litúrgico devem manifestar a sua disponibilidade junto do Secretariado Paroquial, facultando uma forma de contacto pessoal (telemóvel ou e-mail).

Responsável: Leonor Ferreira (919 168 989)

Reflexões para os leitores litúrgicos

Conselhos para uma boa leitura

 

Links relacionados com o tema